Como Medir a Temperatura do Seu Gato ou Cão

Publicado por
minutos de tempo de leitura

Os tutores de animais de estimação estão mais investidos do que nunca na saúde dos seus animais de estimação, com muitos a quererem aprender a medir a temperatura dos cães ou dos gatos. Os veterinários estão encantados ao ver mais tutores de animais de estimação envolvidos ativamente na saúde dos seus animais de estimação, e a maioria está mais do que feliz em ajudá-los a adquirir este simples conhecimento. Aprender a medir a temperatura de um gato ou de um cão é bastante fácil. Vamos ver qual a melhor maneira de medir a temperatura dos seus membros familiares felpudos.

Porque Deve Aprender a Medir a Temperatura do Seu Animal de Estimação

 

Cay deitado debaixo de cobertores rosa perto de uma janela com um cenário de inverno.

Tal como acontece com os humanos, a temperatura do cão ou do gato pode dar-nos a conhecer muito sobre a sua saúde. Embora as suas temperaturas corporais normais sejam mais altas do que as nossas, é muito fácil dizer quando está demasiado alta ou demasiado baixa. De acordo com o Manual Veterinário Merck guia de referência da temperatura retal, o normal varia de 38,1-39,2° para gatos e 37,9-39,9° para cães. Febre, ou uma temperatura acima do normal, pode informar os tutores de animais de estimação de problemas como insolação, infeções ou doenças inflamatórias sistémicas. Por outro lado, uma temperatura abaixo do normal pode dizer-nos se perderam demasiado calor corporal. Podem estar hipotérmicos (por exemplo, devido à exposição aos elementos no inverno) ou podem estar em choque, baixo nível de açúcar no sangue, desnutrição ou outra doença sistémica. E se o seu animal está gestante, uma pequena queda de temperatura pode até ser um aviso de que ela está a preparar-se para dar à luz os seus bebés!

Quando Medir a Temperatura do Seu Animal de Estimação

Sempre que o seu animal de estimação estiver letárgico, mais calmo do que o normal, ou a exibir uma mudança no apetite ou em outros comportamentos normais, medir a sua temperatura pode ser útil. Especialmente no caso dos gatos, que são famosos por esconderem a maioria dos seus sintomas quando estão doentes. No entanto, é importante notar que muitas doenças podem ocorrer sem alterações na temperatura corporal. Assim, só deve medir a temperatura dos seus animais de estimação se estiver a planear contactar prontamente um veterinário e discutir as suas preocupações sobre a saúde dos seus animais de estimação. Medir a temperatura corporal do seu animal de estimação pode ajudá-lo a decidir se e quando deve contactar o seu veterinário (uma temperatura elevada deve sempre justificar uma chamada). Verificar a temperatura também pode fornecer ao seu veterinário informações úteis sobre o estado do seu animal de estimação.

Aliás, medir a temperatura em casa é tão benéfico que se tornou num tópico de ensino comum para os veterinários e as suas equipas. Se ainda não teve oportunidade de aprender e sente que é necessário medir a temperatura do seu animal de estimação, peça orientação prévia ao seu veterinário. Tanto pela sua segurança como a do seu animal de estimação. Se estiver interessado em aprender esta técnica peça um tutorial ao seu veterinário. De certeza que irá gostar de ensiná-lo a realizar esta técnica em casa em segurança.

 

Quando Medir a Temperatura do Seu Animal de Estimação

Medir a temperatura do seu cão é fácil Basta seguir estes simples passos:

Pessoa a segurar a cabeça de um Jack Russell terrier deitado num terraço.

  1. Compre a ferramenta indicada: Vai precisar de um termómetro digital retal (não oral) feito em plástico para medir a temperatura do seu cão. Pode utilizar termómetros concebidos para humanos, que normalmente encontra na sua farmácia por menos de 10£.
  2. Como conter o seu animal corretamente: A maioria dos tutores dos animais de estimação irá necessitar de duas pessoas para executar esta tarefa. Uma pessoa pode segurar a cabeça do animal e manter o seu corpo imóvel enquanto a outra segura a sua cauda. Alguns cães evitam este processo ao sentar-se, pelo que poderá ser necessário uma terceira pessoa para manter o cão de pé. Também pode usar guloseimas e brinquedos para o distrair.
  3. Medir a temperatura: Depois de aplicar uma pequena quantidade de vaselina no final do termómetro, insira-o no reto (cerca de dois centímetros são suficientes). Depois, espere pelo sinal (ou que a leitura digital estabilize) e já está!
  4. Se o seu animal de estimação ficar nervoso ou não for capaz de o conter em segurança, é melhor deixar a medição da temperatura para o veterinário. Embora esta informação seja útil, não deve colocar em risco a segurança e o bem-estar - e isto aplica-se a si e ao seu animal.

Quer saber como medir a temperatura de um gato? É igualmente fácil. A única parte difícil é fazer com que o seu gato se comporte. Como os gatos são geralmente mais pequenos e mais resistentes a serem contidos, os tutores de gatos podem ter de experimentar uma variedade de induções ou técnicas de contenção. Poderá ser útil pedir à sua equipa veterinária para lhe demonstrar os melhores métodos para o tamanho e temperamento do seu gato.

Coisas a Ter em Conta Quando Medir a Temperatura do Seu Animal de Estimação

Quando se aprende a medir a temperatura de um cão ou de um gato, é essencial possuir o equipamento certo. Por exemplo, os termómetros de vidro podem partir-se e expor o seu animal de estimação a mercúrio e vidro, e alguns termómetros mais antigos podem demorar bastante tempo para medir a temperatura. É também importante que os tutores de animais de estimação meçam a temperatura corporal do animal de estimação pelo reto.

Embora os veterinários anseiem por uma forma menos invasiva de medir as temperaturas dos seus pacientes, os métodos não-retos podem ser mais difíceis de interpretar.

Quando aprende a medir a temperatura do seu animal de estimação conter o animal pode requerer algum tempo e paciência. Ver vídeos online sobre como conter corretamente o seu gato pode ser útil, mas ter o seu veterinário a mostrar-lhe como fazer para o seu gato específico continua a ser a melhor opção.

É também importante ter em conta que a temperatura corporal de alguns animais de estimação é naturalmente superior ou inferior à da maioria. Mesmo que a temperatura do seu animal de estimação pareça normal, deve ainda assim contactar o seu veterinário para discutir as suas preocupações. Por último, é importante salientar que nem todos os animais estão treinados para aceitarem este procedimento. Se causar muito stress ou comprometer a sua segurança ou do seu animal de estimação, deixe a medição da temperatura para o veterinário.

 

Biografia da colaboradora

Dra. Patty Khuly

Dra. Patty Khuly

Dra. Patty Khuly é uma veterinária galardoada, conhecida pela sua maneira de pensar independente, pela sua luta pela defesa dos animais, pela sua paixão pela profissão veterinária, e pela sua famosa escrita irreverente sobre a saúde dos animais de estimação.

Dra. K é uma graduada honorária do Wellesley College e da Escola de Medicina Veterinária da Universidade da Pensilvânia. Tendo recebido o título de MBA na The Wharton School of Business como parte do prestigioso programa VMD/MBA de dois cursos. É agora proprietária da Sunset Animal Clinic, uma clínica veterinária em Miami, Florida.

E não fica por aqui. Dra. K é uma culta leitora, ávida tricoteira, fanática por ioga, entendedora de música, romancista e incansável apreciadora de comida. Vive em South Miami com quatro cães, inúmeros gatos, duas cabras resgatadas e um grupo hilariante de galinhas.

Pode seguir a sua escrita em DrPattyKhuly.com e em sunsetvets.com.

Artigos relacionados

Produtos relacionados