Cães e Fogos de artifício: Como ajudar o seu cão a superar o medo?

Published by
minuto de leitura

Os fogos de artifício fazem parte da celebração de muitos eventos importantes ao longo do ano. O som forte e as luzes brilhantes podem provocar stress nos animais de companhia. 

Fizemos uma lista com alguns conselhos úteis para que as celebrações com fogos de artifício sejam menos assustadoras para o seu animal de companha: 

  • Acostume o seu cão a ruídos de modo que se tornem familiares. Por exemplo, deixe a televisão ou o rádio ligados, para que a presença desse som seja normal. 
  • Minimize os ruídos exteriores ao fechar todas as portas e janelas. Puxe, também, os cortinados e as persianas para baixo, para o seu cão não ver os fogos de artifício, pois podem-no assustar.  
  • Certifique-se de que o seu cão tem um local para estar sozinho e confortável, caso queira esconder-se, por exemplo, debaixo de uma cama ou móvel ou dentro de um armário. Se o seu cão não quiser, não tente retirá-lo, porque ainda lhe pode causar mais stress. 
  • Se o seu animal de companhia começar a demonstrar sinais de medo, tente ignorar o seu comportamento (exceto se existir algum risco de aleijar-se). De qualquer forma, não o deixe sozinho. Se tem gatos que entram e saem de casa quando querem, coloque a caixa de areia no interior da casa, de forma a bloquear o local onde tem acesso para o exterior.
  • Faça passeios com o seu cão numa outra hora para evitar os fogos de artifício. 
  • Se o seu animal de companhia já teve problemas com este acontecimento noutras alturas, pergunte ao seu veterinário se há a possibilidade do seu cão tomar algum medicamento. 

Com o passar do tempo, o seu animal de companhia necessita aprender a não ter medo de sons fortes. Peça conselhos ao seu veterinário, pois caso seja necessário, pode recomendar um especialista em comportamento animal. 

Produtos Relacionados