Controlo de Insuficiência Cardíaca Congestiva

Publicado por Erin Ollila
minutos de leitura

A insuficiência cardíaca congestiva pode ser um diagnóstico assustador para o seu veterinário. Infelizmente, muitas raças pequenas, bem como algumas raças grandes, têm pré-disposição a desenvolver esta condição numa fase mais tardia da sua vida. A boa notícia é que, com um tratamento e um estilo de vida adequados, esta doença pode ser controlada. No entanto, é importante reconhecer os sinais de insuficiência cardíaca congestiva em cães, para que se possa começar o tratamento imediatamente, dando ao seu querido cachorro a chance de ter uma vida mais longa.

O que é Insuficiência Cardíaca Congestiva?

Brown pug naps in a red dog bed on the floor.A Insuficiência Cardíaca Congestiva (ICC) refere-se à incapacidade do coração bombear sangue de forma correta para todo o corpo. Como resultado, o sangue volta para os pulmões e acumula-se líquido nas cavidades do corpo (tórax, abdómen ou em ambos) provocando um aumento da frequência cardíaca e respiratória, e impedindo um fluxo contínuo do oxigénio por todo o corpo. Em cães, existem dois tipos principais de ICC:

  • Insuficiência cardíaca congestiva do lado direito (ICC-LD). Ocorre quando a contração cardíaca provoca um refluxo de algum sangue para o átrio direito, a partir do ventrículo direito através da válvula tricúspide. O sangue em vez de ir para os pulmões, acumula-se em vez de sofrer o processo de oxigenação. Como resultado, o sistema principal de circulação fica congestionado e o líquido acumula-se no abdómen, não permitindo o normal funcionamento do órgão. O excesso de líquido também se pode acumular nos membros provocando um inchaço, denominado geralmente de edema periférico.
  • Insuficiência cardíaca congestiva do lado esquerdo (ICC-LE). O tipo mais comum de ICC em cães, ocorre quando o sangue do ventrículo esquerdo volta para o átrio esquerdo através da válvula mitral, em vez de ser bombeado para a circulação sistémica do corpo quando há contração cardíaca. Isto provoca uma diminuição da função cardíaca, pois causa sobrecarga de volume ou pressão no lado esquerdo do coração. Como resultado, o fluído acumula-se nos pulmões, causando um inchaço conhecido como edema pulmonar, produzindo tosse e dificuldades em respirar.

Sinais de Insuficiência Cardíaca Congestiva

Estes são alguns dos sinais mais comuns em cães com insuficiência cardíaca congestiva, de acordo com a Pet Health Network®:

  • Tosse
  • Respiração ofegante permanente
  • Dificuldades respiratórias
  • Alterações respiratórias – respiração mais rápida em repouso
  • Intolerância ao exercício
  • Cansa-se facilmente após passeios ou após brincadeira
  • Fadiga
  • Gengivas azuis
  • Distensão abdominal
  • Tosse com sangue
  • Fraqueza

Quais são as causas de Insuficiência Cardíaca Congestiva?

Jack Russell Terrier asleep under white sheets with head on pillow.As causas mais comuns de Insuficiência Cardíaca Congestiva em cães são as anomalias cardíacas congénitas, o que pode resultar de uma condição genética e não ser possível prevenir o seu aparecimento. Muitas raças pequenas têm uma predisposição genética para a ICC, de acordo com Love to Know, tais como o caniche, o spitz-alemão, o dachshunds e o cavalier king charles. Geralmente, os cães pequenos têm uma maior predisposição para desenvolver ICC, porque as válvulas cardíacas tendem a degenerar mais do que em raças maiores. No entanto, algumas raças grandes, particularmente raças gigantes como o são bernardo, terra-nova e dogue alemão, podem desenvolver ICC por dilatação das câmaras cardíacas. É importante entender que a ICC congénita geralmente se manifesta numa fase mais tardia da vida de um cão e que esses cães podem viver muitos anos aparentemente saudáveis e felizes antes de surgirem sinais.

A ICC também pode desenvolver-se num coração que esteja debilitado por outras doenças cardíacas, pelo que é importante prevenir que o seu animal de companhia desenvolva problemas cardíacos, evitando a obesidade e o aparecimento de dirofilariose.

Diagnóstico e Tratamento

Durante o exame clínico ao seu cão, se o veterinário detetar um sopro cardíaco ou outros tipos de irregularidades cardíacas, poderá recomendar que seja examinado por um cardiologista ou outro profissional da área. Os exames mais comuns de diagnóstico de ICC incluem radiografias ao tórax, um eletrocardiograma para verificar a atividade elétrica do coração e um ecocardiograma, que utiliza o ecógrafo para examinar o coração. Pode também recomendar a realização de análises ao sangue e à urina para descartar outras possíveis causas ou doenças concomitantes (doença renal pode ser confundida com doença cardíaca) que estejam a causar sinais cardíacos no seu cão.

Se o seu cão estiver com dificuldades respiratórias, o veterinário poderá realizar oxigenoterapia até que consiga respirar adequadamente por si mesmo. Dependendo da quantidade de oxigénio, pode ser necessária hospitalização . O seu cão necessitará de tratamento médico contínuo com vários medicamentos, de acordo com o Centro Médico Veterinário Cummings da Tufts University, incluindo um diurético para remover o excesso de líquido nos pulmões e no corpo; um inibidor da enzima conversora da angiotensina (ECA) que demonstrou melhorar os sinais clínicos e aumentar o tempo de vida em cães com ICC; e um vasodilatador para facilitar a dilatação dos vasos sanguíneos de todo o corpo, ajudando o coração a bombear o sangue mais facilmente. Em alguns casos, também pode utilizar-se outros tipos de fármacos nomeadamente os inotrópicos positivos que fortalecem a vitalidade das contrações cardíacas e melhoram o fluxo sanguíneo.

Maneio do estilo de vida

A medicação é apenas um dos pontos no plano de tratamento de um cão com insuficiência cardíaca congestiva. Deve perguntar ao veterinário qual é a alimentação mais adequada para o seu cão, dado as suas necessidades e os níveis de sódio que deve ingerir para melhorar a sua vida. O seu veterinário pode recomendar um alimento Prescription Diet® que contém níveis reduzidos de sódio; assim como uma dieta equilibrada que dará ao seu animal de companhia todas as vitaminas que precisa para melhorar a sua saúde. O seu cão necessitará de realizar exames regularmente para monitorizar o coração e os pulmões, mas também a função renal pela medicação que possa estar a tomar, como diuréticos. Para casa, o seu veterinário informá-lo-á como controlar a frequência respiratória quando o seu cão está em repouso e o que fazer quando está acima do normal. Também vai precisar de reduzir e suprimir o stress do seu cão, o máximo que conseguir. Embora na maioria dos casos seja seguro praticar uma quantidade moderada de exercício físico, deve ter cuidado para não permitir que se esforce em demasia.

Prognóstico

Infelizmente, não há cura para a ICC no momento, e o tratamento visa principalmente melhorar a qualidade de vida. Dito isto, embora o prognóstico para cães com insuficiência cardíaca congestiva seja geralmente mau, surgiram novas terapias que permitiram melhorar o prognóstico geral. Manter o animal sob vigilância e controlar o seu estilo de vida podem ajudar a prolongar a sua vida de meses para anos. Quanto mais rapidamente este problema for diagnosticado e o tratamento for iniciado, maiores serão as hipóteses de prolongar a vida do seu cão. Embora a realidade seja dura, e que esta condição represente um perigo para a vida do seu cão, um diagnóstico rápido, cuidados e tratamento adequados podem ajudar bastante a atenuar esse perigo e dar a si e ao seu cão mais tempo para desfrutar da companhia um do outro. A melhor coisa que pode fazer pelo seu cão ao longo da vida é seguir o conselho do seu veterinário. Certifique-se que visita o seu veterinário todos os anos para realizar exames. Saiba qual a nutrição mais adequada, inclusivé biscoitos, mas também a quantidade de água diária, quanto exercício físico deve fazer e quais os cuidados que necessita para uma vida mais saudável.

Contributor Bio

Erin Ollila

Erin Ollila

Erin Ollila acredita no poder das palavras e em como uma mensagem pode transformar a opinião do público. Pode encontrar os seus artigos tanto na internet como em diversas obras literárias. Erin tem uma vasta experiência profissional em SEO e tudo o que está relacionado com redes sociais. Ela licenciou-se na Universidade de Fairfield com um M.F.A em escrita criativa. Entre em contato com ela no Twitter @ReinventingErin ou saiba mais sobre ela em http://erinollila.com.