Sangue na urina do cão: o que deve fazer?

Publicado por Dr. Patty Khuly
minutos de leitura

Se tem um cão, poderá a dado momento, encontrar sangue na urina. No entanto, embora isso possa ser assustador, muitas vezes tem tratamento. Uma simples infeção no trato urinário ou um problema benigno na próstata podem ser a causa.

"Hematúria" é o termo utilizado para descrever a presença de sangue na urina do cão. Frequentemente, ocorre como resultado de uma inflamação ou infeção do sistema urinário que pode incluir o trato urinário superior ou inferior. A presença de sangue na urina, ou hematúria, deve ser avaliada pelo seu veterinário para identificar a causa e facultar recomendações para ajudar o seu cão.

Seguem-se as causas comuns para a presença de sangue na urina do cão, o que deve fazer se afetar o seu cão e os tratamentos que o seu veterinário poderá recomendar.

Causas do trato urinário superior

Tal como nos humanos, o trato urinário superior do cão é constituído por dois rins. O sangue na urina com origem nesta zona do trato urinário tende a afetar os rins. Algumas causas da presença de sangue no trato urinário superior incluem:

  • Hematúria renal idiopática: presença de sangue na urina com origem no rim, por uma razão desconhecida. Pode ser devido a medicação, a uma infeção ou a um problema do sistema imunitário. Esta é, normalmente, considerada uma condição benigna com um fator hereditário.
  • Infeção nos rins: se o seu cão está a urinar com presença de sangue na urina, um ou ambos os rins poderão ter uma infeção.
  • Cálculos renais: apesar de ser incomum, os cálculos renais podem afetar um ou os dois rins, o que resulta na presença de sangue na urina.
  • Cancro nos rins: Apesar de ser incomum, o cancro nos rins pode afetar os cães e provocar a presença de sangue na urina. O cancro pode manter-se no rim ou propagar-se a outras partes do corpo.
  • Telangiectasia renal: Alguns cães, incluindo os Corgis, têm uma predisposição genética para esta dilatação espontânea dos vasos sanguíneos do rim, o que pode resultar em sangue na urina.

Smiling Welsh corgi pembroke dog lying down in the green grass

Causas do trato urinário inferior

O trato urinário inferior é constituído pela bexiga e pela uretra (o tubo que liga a bexiga ao exterior) permitindo a saída da urina do organismo. As causas da perda de sangue aqui são as seguintes:

  • Infeção da bexiga: uma infeção do trato urinário (ITU) é, de longe, a causa mais comum da presença de sangue na urina do cão. Pode ser provocada por alergias de pele; a anatomia da uretra, da vulva ou do prepúcio; e incontinência de origem hormonal em fêmeas esterilizadas.
  • Cálculos na bexiga: podem formar-se por diversas razões, incluindo a genética, nutrição e infeção crónica.
  • Cancro na bexiga: o cancro na bexiga dos cães costuma ser semelhante a uma ITU; pode provocar acidentes em casa, dificuldade em urinar e sangue na urina.
  • Problemas da próstata: dilatação benigna e infeção da próstata são os problemas da próstata mais comuns nos cães não castrados.

As causas da presença de sangue na urina dos cães que podem afetar o trato urinário superior e inferior incluem rutura da bexiga, o que pode acontecer se forem atingidos por um carro ou atacados por outro cão; coagulopatia (uma expressão científica que significa essencialmente problemas de coagulação); e vasculite ou inflamação dos vasos sanguíneos.

Diagnóstico e tratamento

Se vir o seu cão a urinar sangue, contacte o seu veterinário para marcar uma consulta o mais rápido possível. Como regra geral, qualquer cão que urine sangue pela primeira vez deve ser visto por um veterinário nas 24 horas seguintes.

Na consulta, o veterinário tentará diagnosticar a causa subjacente, através da análise da urina. Pode ser recomendada uma recolha de urina para analisar se a origem do problema são bactérias. Também pode ser realizado um exame ao sangue, um raio-X ou uma ecografia.

O tratamento depende da causa específica do sangramento. O veterinário poderá receitar antibióticos se o problema estiver relacionado com bactérias. Em casos de dilatação benigna e neoplasia da próstata, provavelmente recomendará a castração. É provável que também sugira uma cirurgia se descobrir que a presença de sangue é provocado por cálculos urinários ou por diversos outros problemas. Os veterinários receitam frequentemente anti-inflamatórios ou analgésicos para diminuir a dor.

O seu veterinário também poderá recomendar uma mudança da alimentação. A nutrição é um componente importante do tratamento de problemas do trato urinário nos cães. Alimentos húmidos podem ajudar a conseguir uma urina mais diluída, podendo determinados alimentos reduzir a formação de cálculos e otimizar o pH da urina.

Prevenir futuros problemas urinários

Levar o seu cão a check-ups regulares no veterinário é a melhor forma de prevenir a presença de sangue na urina e outros problemas urinários. O seu veterinário pode dizer-lhe se o seu cão tem predisposição para problemas urinários. Se tiver, o veterinário pode analisar regularmente a urina do seu cão para garantir que está saudável.

Por outro lado, apesar de ser fácil deixar o seu cão sair para fazer as suas necessidades no jardim, monitorizar ocasionalmente os hábitos urinários do seu cão é essencial. Deixar persistir um problema como sangue na urina pode levar a consequências mais graves. O tutor é a primeira linha de defesa da saúde do cão, pelo que uma monitorização atenta e conversas com o veterinário são fundamentais. Com amor e atenção, pode ajudar a manter o seu cão feliz e saudável.

Contributor Bio

Dr. Patty Khuly

A Dra. Patty Khuly formou-se com distinção no Wellesley College e na Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade da Pennsylvania. Recebeu o MBA na The Wharton School of Business no âmbito do prestigiante programa de diploma duplo VMD/MBA. É agora, com orgulho, a proprietária da Sunset Animal Clinic em Miami, Flórida. Mas não termina por aqui. A Dra. K é apaixonada pela leitura, ávida entusiasta de tricô, fanática de ioga, apreciadora de música, atleta e fã de comida. Vive no sul de Miami com três cães, inúmeros gatos, duas cabras resgatadas e as suas galinhas.

 

Pode acompanhar seus textos em DrPattyKhuly.com e em SunsetVets.com.

ARTIGOS RELACIONADOS