Cuidar de um cão com pele sensível

Published by
minutos de tempo de leitura

Como qualquer tutor sabe, um dos simples prazeres da vida é fazer festinhas ao seu melhor amigo. Passar a mão sobre uma camada macia de pelo espesso e brilhante sabe bem a si e ao seu cão. Infelizmente, se o seu cão tiver problemas de pele, esse simples prazer pode tornar-se muito desagradável.

Sinais de um problema de pele em cães

O UK Kennel Club recomenda procurar os seguintes sinais de pele sensível no seu cão:

  • Pele seca e a escamar

  • Coçar-se, lamber-se ou esfregar-se excessivameente.

  • Queda de pelo e/ou zonas sem pelo.

As possíveis causas incluem:

  • Sensibilidades ou intolerâncias a certos ingredientes, como milho.

  • Sensibilidades ambientais, por ex., pó, pólen, erva ou ácaros.

  • Ar seco causado por um clima frio, aquecimento interior ou ar condicionado.

  • Mudanças no clima.

  • Parasitas, por ex., pulgas, ácaros ou carraças.

O que pode fazer?

  • Procure parasitas. Examine bem o pelo e a pele do seu cão para procurar carraças, pulgas, piolhos ou outros parasitas. Se observar algum destes parasitas, peça aconselhamento ao veterinário e siga o tratamento apropriado.

  • Considere as sensibilidades. Se o seu cão não tiver parasitas e aparentar estar saudável, considere se quaisquer fatores ambientais, como pólen ou pó podem estar a causar desconforto. Dermatite atópica é uma inflamação da pele que faz com que o animal se lamba e coce, provoca queda de pelo e pele seca e escamação  Saiba mais sobre dermatite atópica.

  • Fale com o seu veterinário. Os problemas de pele podem ter uma ampla gama de causas, incluindo parasitas, infeções bacterianas, sensibilidades, desequilíbrios hormonais, stress, entre outros. Certifique-se de que fala com o seu veterinário sobre as opções de tratamento.

  • Dê uma alimentação adequada ao seu cão. Muitos cães podem beneficiar de um alimento de elevada qualidade, formulado especialmente para problemas de pele e sensibilidades. Procure um alimento que contenha proteína de elevada qualidade, ácidos gordos essenciais e antioxidantes (nutrientes importantes que podem ajudar a proteger a pele do seu cão). O seu veterinário também pode recomendar um alimento dietético, se diagnosticar algum problema específico no seu animal.

Artigos relacionados