A importância do exercício para o seu cachorro

Publicado por
minutos de tempo de leitura

Qualquer pessoa que conviva com cachorros sabe que são bolinhas de pelo repletas de energia. Entre o trabalho, tempo em família e descanso pode ser difícil tirar tempo não só para treinar o seu cachorro como também para se certificar de que faz o exercício que precisa. Lembre-se: um cachorro ativo é um cachorro saudável. Manter o seu cachorro ativo é importante para fortalecer a sua saúde e a vossa relação.

Porque é que o exercício é importante?

O exercício é essencial para o bem estar físico e mental do seu cão, quando feito em conjunto, ajuda a formar uma ligação forte entre ambos que durará para toda a vida. Tal como o exercício regular é importante para a sua saúde e felicidade, o mesmo aplica-se também ao seu cachorro. Exercício (quando feito corretamente):

  • Reduz o risco de obesidade e problemas de saúde associados.
  • Melhora a saúde cardiovascular.
  • Fortalece a massa muscular e aumenta a agilidade.
  • Auxilia ao treino quando os passeios são feitos regularmente.
  • Aumenta a capacidade do seu cachorro lidar com a sua ausência.
  • Reduz problemas comportamentais através de estimulação física, intelectual e social.
  • Reduz problemas digestivos e obstipação.
  • Aumenta a confiança, especialmente em cachorros tímidos.
  • Proporciona oportunidades de socialização com pessoas e outros cães.

Comportamentos destrutivos

Os cachorros são enérgicos e curiosos à medida que aprendem sobre o mundo onde residem. Atividades como correr, brincar e explorar proporcionam uma grande fonte de libertação de energia. Sem estas atividades, a energia do seu cachorro pode manifestar-se em comportamentos problemáticos ou destrutivos, como:

  • Hiperatividade e inquietação à noite.
  • Morder, escavar ou arranhar.
  • Mexer no caixote do lixo.
  • Derrubar móveis.
  • Saltar em cima de pessoas.
  • Brincar com demasiada força ou morder.
  • Ladrar ou uivar como resultado da frustração.

De quanto exercício precisa um cachorro?

A quantidade exata de exercício que um cachorro necessita depende de uma série de diferentes fatores, tais como a sua idade, raça e nível de aptidão física. É importante ter em conta que demasiado exercício é tão mau como não fazer exercício suficiente. Embora sejam muito mais enérgicos, os cachorros necessitam de períodos mais curtos de exercício em comparação com cães adultos. Demasiado exercício pode resultar em exaustão e problemas nas articulações, especialmente em raças grandes.

De acordo com a Experto Animal, o ideal é começar com exercícios de cinco minutos uma a duas vezes ao dia, aumentando a cada mês de idade. Por exemplo, cachorros de três meses devem fazer exercícios de 15 minutos duas vezes ao dia, depois 20 minutos por dia aos quatro meses e por aí em diante. Preste sempre atenção à forma como o seu cachorro lida com esta quantidade de exercício e reduza a quantidade, se necessário.

Como exercitar um cachorro?

Mesmo que tenha um grande jardim onde o seu cachorro possa correr, é preciso mais do que isso para queimar o excesso de energia. Passeios e corridas curtas são atividades saudáveis tanto para si como para o seu cachorro. Jogos estruturados como brincar ao "busca", às escondidas, jogar ao "puxa" podem também fortalecer a ligação entre si e o seu cachorro, assim como ensinar-lhe um autocontrolo. Quando o seu cachorro estiver em casa sozinho, mantenha-o ocupado com brinquedos para mastigar ou um dispensador de croquetes seguro, que queimem energia mental.

Evite exercício em excesso, pois pode levar a lesões e problemas de saúde para a vida toda do seu cachorro. Exercício forçado pode incluir correr em excesso, andar de bicicleta e skate com o seu cão, o jogo do "busca" e passeios longos a um passo acelerado.

Artigos relacionados