As cadelas têm menstruação?

Publicado por Erin Ollila
minutos de leitura

Se está a pensar em adotar uma cadela, pode estar a perguntar-se se as cadelas têm menstruação ou se a sua cadela é esterilizada, pode estar curioso para saber por que apresentar um corrimento sanguíneo. As cadelas passam por um ciclo regular e manifestam um corrimento sanguíneo quando atingem a maturidade, se não forem esterilizadas. Inicialmente, a experiência pode parecer assustadora (e confusa), mas quanto melhor entender, mais poderá ajudar a sua cadela.

Cães com o cio e o ciclo éstrico

As cadelas têm menstruação? Bem, sim, mas faz parte do que é designado de ciclo éstrico. Também pode ter ouvido a expressão "com o cio" ou "na estação".

O primeiro ciclo éstrico nas cadelas ocorre quando a cadela atingir a fase da puberdade aos seis meses de idade, embora possa variar de cadela para cadela e consoante a raça. Raças pequenas tendem a atingir a maturidade mais cedo, enquanto as cadelas de raça grande podem levar mais de um ano para ter o seu primeiro cio.

O ciclo geralmente acontece duas vezes por ano. Segundo o American Kennel Club (AKC), algumas raças pequenas podem manifestar o cio até quatro vezes por ano, e cadelas de raça grande, como São Bernardo ou Dogue Alemão, que podem manifestar uma vez em cada dezoito meses. O cio numa cadela demora entre duas a três semanas, embora possa variar em cada cadela. De acordo com o AKC, durante esse período, a vulva fica vermelha e inchada, liberta um corrimento vermelho claro, e ela poderá estar mais nervosa e alerta.

Old grey dog lying in a dog bed wearing a doggy diaper

Como lidar com o corrimento

Segundo a PetWave, o corrimento pode variar bastante de cadela para cadela e não é sangue puro. Algumas cadelas têm um corrimento maior e acabam por manchar a cama ou o chão, enquanto que outras o corrimento é quase impercetível. O cio começa geralmente com um corrimento avermelhado mais escuro, que com o passar do tempo, as manchas têm uma aparência amarela, rosa ou aquosa. Para evitar esta sujidade pela sua casa, o Canine Journal aconselhou o uso de fraldas durante o cio. Se usar fraldas, deve trocá-las com frequência e mantenha a pele do seu animal de companhia sempre limpa e seca. Um corrimento sanguíneo intenso ou um corrimento fora do período do cio não é normal. Se a sua cadela manifestar algum corrimento fora do período do cio, deve ir ao veterinário imediatamente. De acordo com o Daily Puppy, outro sinal muito comum durante o cio é o urinar incontrolavelmente. As cadelas começam a marcar o território dentro de casa ou na rua durante os passeios através de uma urina com um odor muito intenso para atrair os machos e alertá-los que estão no período de acasalamento. Todos estes sinais podem ser surpreendentes ou desconfortáveis, sendo que algumas cadelas quando estão com o cio demonstram uma alteração de comportamento, demonstrando um maior nervosismo e irritação. A Pethelpful recomenda dar mais carinho, atenção e amor durante esta fase. Deve vigiar o apetite e dar-lhe banho frequentemente para retirar todo o corrimento de maneira que fique limpa e mantenha uma boa higiene. Também deve ter cuidado de mantê-la afastada de cães machos que possam se tornar agressivos.

Perguntas a fazer ao veterinário

Se adotou uma cadela não esterilizada, toda a experiência do cio é uma novidade para si. Faça uma lista de todas as perguntas que tiver e visite o veterinário para saber como cuidar melhor de um cão no cio. Se não tiver certeza de que perguntas fazer ao veterinário, aqui estão algumas para começar :

  1. Com que idade surge normalmente o primeiro cio?
  2. Como manter a cadela limpa quando está com corrimento?
  3. Como evitar que a cadela manifeste o corrimento e urine incontrolavelmente?
  4. Qual é o momento certo para esterilizar?

A importância de esterilizar o seu animal de companhia

Está a pensar em fazer criação? Se não, não há razão para que a cadela manifeste o cio. Quando não se puser em hipótese em fazer criação, o animal de companhia deve ser esterilizado através de uma cirurgia. A esterilização é designada por ovário-histerectomia, embora a expressão mais utilizada seja mesmo “esterilização”. O AKC destaca alguns benefícios de esterilizar os animais, nomeadamente redução dos riscos para à saúde do seu melhor amigo e alteração do comportamento para um temperamento mais calmo no caso de alguns animais. Ter uma ninhada pode ser muito encantador, mas o tempo e os custos veterinários necessários para prestar todos os cuidados necessários é mais elevado do que cuidar de um só cão. Além disso, já existe muitos animais sem abrigo que esperam por arranjar um lar.

Deve conversar com o veterinário qual é a nutrição adequada, antes e depois de realizar a cirurgia. Depois da esterilização, o metabolismo de um cão torna-se mais lento; motivo pelo qual, deve fornecer um alimento especialmente formulado para animais esterilizados. A nutrição correta pode desempenhar um papel fundamental na recuperação e na saúde geral do seu melhor amigo.

Não há necessidade de se preocupar com o fato da sua cadela estar a sangrar se entender o motivo e o souber antecipar. Conhecer o ciclo reprodutivo de seu animal de companhia vai lhe permitir saber o que esperar quando lhe aparecer o cio, e que esterilizar é a melhor solução para impedir que o seu animal de companhia volte a manifestá-lo.

Contributor Bio

Erin Ollila

Erin Ollila acredita no poder das palavras e em como uma mensagem pode transformar a opinião do público. Pode encontrar os seus artigos tanto na internet como em diversas obras literárias. Erin tem uma vasta experiência profissional em SEO e tudo o que está relacionado com redes sociais. Ela licenciou-se na Universidade de Fairfield com um M.F.A em escrita criativa. Entre em contato com ela no Twitter @ReinventingErin ou saiba mais sobre ela em http://erinollila.com.