Dez coisas para manter o seu gato confortável após a adoção

Publicado por
Tempo de leitura

Adotar um gato e dar-lhe um novo lar é emocionate. À medida que se conhecem, vão descobrir que ele pode trazer alegria de várias formas, e vice-versa. Saiba como pode tornar a sua casa confortável quando acolher o gato na família:



1. Abasteça-se com os itens básicos

Prepare os itens essenciais com antecedência: a caixa de areia e areia (mantenha a caixa afastada do local da comida), cama, comedouros e bebedouros, ração saudável para gato, e transportadora resistente. Compre também uma coleira e chapa de identificação, para facilitar o reencontro caso o gato se afaste de casa.

2. Obtenha (alguns) brinquedos

Os gatos adoram brincar, mas não é necessário investir numa dúzia de brinquedos só para gatos. O gato fica igualmente feliz com uma caixa de cartão vazia, saco de papel (retire as pegas para que não fique preso) ou recipientes vazios semelhantes que imitam um refúgio. Por outro lado, e contrariamente ao cliché, não o deixe brincar com novelos de lã ou cordéis, pois são demasiado fáceis de ingerir. De acordo com a Sociedade Humanitária dos Estados Unidos, também deve evitar laços, fio dentário, alfinetes, agulhas, elásticos, clipes e sacos de plástico. Um foco ou ponteiro laser para animais de companhia também é um brinquedo que pode trazer diversão para ambos, movimente a luz pelo compartimento e o gato irá tentar apanhá-la.

3. Crie um ambiente seguro

O novo membro da família pode e vai meter-se com tudo e qualquer coisa. Por esse motivo, remova as plantas que podem ser venenosas (por ex., lírios e amarílios), feche produtos de limpeza voláteis e medicamentos, mantenha a tampa da sanita fechada e dê um nó aos fios das persianas. Tente esconder os cabos elétricos se tiverem expostos ou coloque protetor de cabos. Proteja as redes soltas das janelas e guarde qualquer outro material que se possam partir e que atraia a curiosidade do gato.

4. Prepare os mais novos

A sua família pode estar toda envolvida, mas as crianças devem saber o que significa cuidar de um gato de forma responsável, incluindo como respeitar as suas necessidades físicas. Cuidar de um gato corretamente é uma excelente forma de estabelecer um vinculo afetivo e as interações cuidadosas ajudarão o seu amigo felino a sentir-se em casa mais rapidamente.

5. Visite o veterinário

Pouco tempo depois de adotar um gato, leve-o ao veterinário para um exame geral e para qualquer vacinação que possa necessitar. Os exames regulares mantêm os gatos saudáveis independentemente da sua idade, antecedentes ou estilo de vida (quer vivam no interior ou exterior). Certifique-se de que leva os documentos de adoção se os tiver. Também é conveniente guardar os números de telefone do consultório do veterinário e da urgência num local acessível em caso de emergência.

6. Dê-lhe espaço

Assim que estiver em casa, o seu gatinho vai procurar um local para se esconder, mas deixe-o na transportadora durante este processo inicial. Quando finalmente sair da transportadora, vai precisar de um quarto ou pelo menos de um canto ou armário seu, onde se sente seguro. Use uma caixa de cartão como mencionado no ponto 2, que tal como sugerido pela Petcha oferece a mesma segurança. Igualmente importante é não persuadi-lo a sair dos espaços onde se sente seguro. Ele vai sair quando estiver pronto para explorar o que o rodeia.

7. Apresente-o aos animais residentes

Apresentar o seu novo gato a outros animais pode ser stressante, por isso que deve ser feito com tempo. Apresente gradualmente os animais existentes aos recém-chegados e conte com um bufar, uma patada ou até mesmo um dorso arqueado, é perfeitamente normal. Qual é o melhor cenário? Que se aceitem mutuamente e sigam a sua vida. No entanto, se ficarem muito agressivos e se atacarem, não deve tentar interromper a luta agarrando num deles. A Animal Planet acha melhor bater palmas ou falar alto para os distrair.

8. Escove o gato

Escovar e pentear o seu novo amigo felino regularmente mantém o seu pelo brilhante, a sua pele saudável e reduz a queda indesejada de pelo. Pode facilmente integrar a escovagem na sua rotina diária. É uma excelente forma para ambos relaxarem e descontraírem após um longo dia. Também é importante cortar as unhas e manter uma boa higiene dentária. Fale com o seu veterinário sobre a melhor abordagem para este tipo de manutenção.

9. Passem tempo de qualidade juntos

Os gatos têm a reputação de serem criaturas solitárias, mas podem sentir-se sozinhos. Tente estar em casa o máximo possível nas primeiras semanas para ajudar o seu gato a ajustar-se. Se trabalhar longas horas fora de casa, considere adotar dois gatos para que façam companhia mutuamente.

10. Não apresse

Depois de trazer um novo gato, tenha em conta que irá demorar algum tempo até ele se sentir confortável no seu novo ambiente. É melhor não apressar este processo. Deixe-o vir até si quando estiver pronto e ele virá. Os gatos são ótimos a mostrar o que gostam e o que não gostam e ele vai mostrar-lhe quando estiver pronto para mimos ou para brincar ou enroscar-se para fazer uma soneca.

Trazer um novo gato para casa é apenas o início de uma vida rica e cheia de amor um pelo outro. Não se apresse e irá divertir-se enquanto conhece o seu novo melhor amigo.

Biografia da colaboradora

Christine O'Brien Contributor Bio Photo

Christine O'Brien

 

Christine O'Brien é uma escritora e tutora de gatos de longa data. Siga-a no Twitter e Instagram @brovelliobrien.

 

Artigos relacionados

  • Treinar o seu gatinho para usar a caixa de areia

    Os gatos são animais higiénicos por natureza e é muito provável que o seu gato tenha aprendido com a sua mãe a utilizar a caixa de areia.
  • Plano de crescimento do gatinho

    Muito acontece durante o primeiro ano de um gatinho. É difícil acreditar que um pequeno gatinho que cabe na palma da sua mão possa transformar-se num gato adulto por completo num período de apenas 12 meses.
  • Adotar um animal de companhia: O que necessita saber

    Conheça o básico sobre adotar um animal de companhia, por onde começar, e perguntas que deve fazer a si mesmo quando decidir que tipo de animal é melhor para si.
  • Associações de animais: O que precisa de saber

    Está a pensar adotar um animal de uma associação de animais? Saiba o que procurar num cão ou gato, porque é importante dedicar algum tempo e escolher o animal de companhia adequado para o seu estilo de vida.

Produtos relacionados