Escolher o gato ideal para apartamentos

Publicado por Christine O'Brien
Tempo de leitura

Quando é tutor de um gato, o seu espaço deixa de ser apenas seu, o que significa que tem de pensar cuidadosamente qual o gato mais adequado ao seu estilo de vida, assim ao ambiente onde vive. Se vive num espaço pequeno, é importante saber quais os gatos que melhor se adequam a apartamentos.

Alguns gatos são felizes em ambientes mais pequenos (e nem sempre depende do tamanho do gato), e outros, como os que têm muita energia, serão mais felizes em espaços maiores.

As raças que se seguem são excelentes para apartamentos, mas garanta que o amigo felino que escolhe também é compatível consigo em todos os sentidos.

Espaço de Convivência Pequeno

Se irá viver com o seu bebé felpudo num espaço limitado, procure um gato com um temperamento fácil que fique contente por estar sempre perto do seu tutor.

ragdoll with bright blue eyes

Os persas, uma das raças de gatos mais populares, de acordo com a Cat Fanciers' Association, são excelentes gatos de apartamento, porque são gentis e têm uma personalidade de fácil adaptação. Se receber visitas, um persa seguirá a sua rotina normal e não incomoda os seus convidados. No entanto, com os persas, precisa de um orçamento para despesas veterinárias superior à média, pois esta raça tende a ter problemas de saúde. O Ragdol também é uma boa opção, porque apesar de ter um porte maior, é sociável e descontraído, o que significa que não fica irritado se estiver sempre por perto. Uma opção de pelo curto é o o gato birmanês; é amigável e dá-se bem com crianças e cães.

Espaço Convivência Médio a Grande

Os gatos com muita energia precisam de correr e os gatos que precisam de solidão necessitam de espaço para se isolar e que lhes permita um momentos "só deles".Uma raça divertida e leal é o gato siamês (mas gosta de arranhar, por isso consulte algumas ideias criativas para arranhadores "faça você mesmo".) Como é um gato que gosta de vocalizar, um espaço maior é mais indicado para este gato porque minimiza o nível de ruído. Outras raças ativas que de adequam a espaços maiores são o gato Azul Russo, que adora brincar à apanhada, e o Bengal, um gato tagarela que permanece com um nível elevado de energia durante toda a sua vida - e parece um leopardo!

Adotar um gato de uma associação de animais

Verifique na associação de animais local, que raças e tipos de gatos estão disponíveis. Embora alguns gatos de raça pura possam ter comportamentos mais previsíveis por natureza, adotar um gato sem raça definida pode ser igualmente vantajoso, porque têm uma menor probabilidade de apresentarem condições médicas hereditárias. Muitas vezes, exibem as características da sua raça mais dominante, mas é importante ver como esse gatinho interage em certos espaços, antes da adoção. Os gatos nas associações de animais, muitas vezes permanecem em ambientes amplos para se exercitarem e brincarem. Pode ver como interagem com o espaço para perceber melhor como se comportariam no seu lar. Se o gato tem tedência a ficar próximo das paredes e a esconder-se em locais abrigados, provavelmente é mais adequado para um apartamento mais pequeno onde se sente confortável. No entanto, se o gato andar por todo o lado e subir para cima das coisas, significa que tem um espírito aventureiro e provavelmente adoraria ter espaço para andar a explorar uma casa grande. Independentemente do gato que deseja adotar, pode ajudá-lo na adaptação ao novo lar, fornecendo o essencial para o seu bem estar.

ragdoll with bright blue eyes

Preparar a sua casa para um gato

Um apartamento tipo loft com várias janelas dá ao seu gato muitas oportunidades para correr, saltar e olhar pela janela. Se o seu apartamento for pequeno e aconchegante, encontrará vários espaços para se enroscar e dormitar. Independentemente dos metros quadrados da sua casa, o seu gato precisa de um domínio privado (tal comoo tutor). Como a VetStreet indica, os gatos adoram espaços pequenos onde se podem enroscar e sentir seguros e se o seu apartamento é grande, é especialmente importante fornecer ao seu gato locais que ele ache que são o seu cantinho. Tente colocar uma ou duas caixas de cartão em locais estratégicos num canto do seu closet ou debaixo de uma mesa ou cama.

Preste especial atenção ao número de janelas acessíveis ao seu gato no espaço. Se o apartamento não tiver muitas janelas, uma porta para o terraço ou pátio também podem ser um excelente espaço para a vista do gato. (Para a segurança do seu gato, proteja todas as vias de acesso ao exterior, incluindo as portas de pátios para garantir que não cai nem foge). Se as janelas ou portas estiverem viradas para uma rua movimentada ou um espaço verde cheio de árvores, flores e pássaros, será o espaço favorito do seu gato!

Os pisos sem carpetes, por exemplo, de madeira, são mais fáceis de manter sem pelos, mas exigem uma manutenção mais frequente. Se optar por esta via, certifique-se de que proporciona ao seu gatinho bastantes espaços fofos para dormir no apartamento. Por exemplo, invista num sofá de tecido macio, numa poltrona ou cadeira aconchegante (suficientemente grande para o seu gato claro). O seu bichano irá partilhar a cama consigo, o que significa que tem de investir em grandes almofadas fofas e montes de cobertores.

Antes de formalizar a adoção, confirme com o senhorio que é permitido ter um gato no apartamento. Leia com atenção o contrato de arrendamento para saber qual é a sua responsabilidade enquanto tutor de um animal de companhia. Muitos senhorios e agências de arrendamento exigem uma "caução para animais de companhia" adicional para quaisquer possíveis incidentes, e não quer ter nenhuma surpresa no futuro.

Após considerar que espaços funcionam melhor para adequar o seu estilo de vida às necessidades básicas do seu bichano, estarão preparados para viverem felizes para sempre!

Biografia da colaboradora

ragdoll with bright blue eyes

Christine O'Brien

 

Christine O'Brien é uma escritora, mãe e dona de animais de companhia de longa data, cujos gatos Azuis Russos mandam na casa. O seu trabalho também aparece em What to Expect Word of Mom, xoJane, Fit Pregnancy e Care.com, onde escreve sobre a vida familiar e animais de companhia. Encontre-a e siga-a no Instagram e Twitter @brovelliobrien

 

Artigos relacionados

  • Treinar o seu gatinho para usar a caixa de areia

    Os gatos são animais higiénicos por natureza e é muito provável que o seu gato tenha aprendido com a sua mãe a utilizar a caixa de areia.
  • Plano de crescimento do gatinho

    Muito acontece durante o primeiro ano de um gatinho. É difícil acreditar que um pequeno gatinho que cabe na palma da sua mão possa transformar-se num gato adulto por completo num período de apenas 12 meses.
  • Adotar um animal de companhia: O que necessita saber

    Conheça o básico sobre adotar um animal de companhia, por onde começar, e perguntas que deve fazer a si mesmo quando decidir que tipo de animal é melhor para si.
  • Associações de animais: O que precisa de saber

    Está a pensar adotar um animal de uma associação de animais? Saiba o que procurar num cão ou gato, porque é importante dedicar algum tempo e escolher o animal de companhia adequado para o seu estilo de vida.

Produtos relacionados