Cinco conselhos para evitar que os gatos arranhem os móveis

Published by
min read

Existem muitos conselhos que ajudam a lidar com o hábito dos gatos arranharem os móveis, mas, para começar, escolhemos os 5 mais fáceis de concretizar. Se souber mais algum, partilhe connosco na nossa página do Facebook!

1.

Não consegue impedir o seu gato de arranhar, por isso não tente. Os gatos arranham por várias razões. Pode ser para se manifestarem, ou também marcarem o território. Eles têm pequenas glândulas nas patas, que quando arranham deixam uma marca olfativa que os humanos não conseguem perceber. A terceira razão que os leva a arranhar é que simplesmente os faz sentir bem.
Em vez de tentar impedir o seu gato de arranhar, use a sua energia para ajudá-lo a encontrar lugares mais adequados para fazer isso.

2.

Em alternativa, tente encontrar algo que o seu gato possa arranhar sem incomodá-lo. Um poste arranhador é uma boa alternativa, mas certifique-se que escolhe um que seja sólido o suficiente para suportar o peso de um gato adulto que se espreguice em cima dele. Se o poste começar a mexer, pode ter a certeza que o seu gato se vai lembrar e manter-se-a longe dele.
Comece por colocar o poste num lugar que o seu gato já goste de arranhar, mas se notar que ele está prestes a arranhar algo que não seja o poste, direcione-o cuidadosamente na direção certa. Recompense-o com prémios quando escolher a opção certa.

3.

Se não pode ficar de olho no seu gato o tempo todo e ele insistir em arranhar um determinado móvel, tente colocar algo em cima do móvel que ele não goste. Use fita dupla, por exemplo, para a superfície ficar pegajosa. Ou coloque uma folha de alumínio por cima para tornar a superfície desagradável.

4.

Há muitas opiniões sobre se deve repreender ou não os gatos, tanto verbalmente como fisicamente, mas geralmente não é considerado benéfico para o animal. No entanto, se realmente precisar de alertar o seu gato faça um sinal firme de que ele não pode arranhar certas coisas, como, por exemplo, utilizar uma garrafa que pulverize água. Um esguicho de água não vai doer, mas deixará bem claro que não vai tolerar que ele arranhe aquele objeto.

5.

Seja paciente, porque os gatos são animais de hábitos. Provavelmente o que mais quer é que o seu gato pare de destruir os seus móveis imediatamente, porém, não deve forçar demasiado as coisas e ficar irritado, pois o relacionamento com o seu gato pode ficar afetado de forma negativa. Se o hábito de arranhar persistir e se tornar um problema real, consulte um veterinário, pois pode haver algum distúrbio subjacente que afeta o comportamento do seu gato.

Se tem mais dicas para evitar o hábito de arranhar ou tem histórias sobre o seu gato e móveis destruídos, partilhe-as connosco na nossa página do Facebook!

 

Related Products